Eficiência Energética e Iluminação HID

Postada por: Juliane Avancini em 15 de maio de 2017 | 2 Comentários

A eficiência energética é fundamental para garantir um sistema de energia segura, confiável, acessível e sustentável para o futuro. Políticas de eficiência energética estão se tornando cada vez mais comuns em todo o mundo, pois há uma preocupação global com a utilização racional da energia. As mudanças climáticas que estão ocorrendo refletem diretamente na escassez de recursos naturais. Quando ocorre este cenário o aumento nas tarifas de energia não tem como ser evitado. Com o frequente avanço tecnológico a demanda por eletricidade aumenta e as empresas, atentas a estas mudanças, já atuam com uma gestão competente para tratar de temas como eficiência energética e sustentabilidade.

Mas afinal, o que é eficiência energética?

O conceito base da eficiência energética é obter um melhor desempenho com um menor gasto de energia. Significa usar menos energia para fornecer o mesmo serviço. A eficiência energética sempre estará atrelada à taxa de consumo e não à fonte geradora de energia ou à redução da tarifa paga pela mesma.

Para se atingir uma melhor a eficiência energética, muitas vezes é necessária a substituição de um equipamento ou tecnologia por outro com maior eficiência. O investimento inicial é retornado ao investidor em forma de redução do consumo, e consequentemente das despesas, de energia dentro de um curto período de tempo. Isto faz das melhorias em eficiência um ponto de partida atrativo para a redução das emissões de carbono.

Como aplicar o conceito de eficiência energética na iluminação HID?

Em iluminação HID a eficiência energética se dará pela troca de lâmpadas, reatores ou luminárias por produtos que sejam mais eficientes, usando menos energia elétrica para entregar a quantidade de luz adequada ao usuário.

Uma lâmpada mais eficiente é aquela que utiliza muito menos energia elétrica para produzir a mesma quantidade de luz. Por exemplo, uma lâmpada de vapor metálico pulse-start é mais eficiente que uma probe-start. Uma luminária eficiente otimiza o sistema de iluminação artificial, obtendo a melhor relação entre a luz emitida pela luminária e a luz emitida pela lâmpada.   Por fim, um reator mais eficiente é aquele com menos perdas de energia. Na maioria das vezes essa perda é transformada em calor, um subproduto indesejado do equipamento, e quanto maior o aquecimento, maior a ineficiência do mesmo. O reator eletrônico tem um aquecimento muito menor do que os eletromagnéticos, sendo assim uma escolha de melhor eficiência energética.

O consumo de energia para iluminação pode representar uma parcela significativa das despesas com energia elétrica tanto em residências quanto nos negócios.

Algumas medidas para redução da demanda por energia podem ser tomadas, para que sua empresa tenha um consumo mais racional e diminua o seu energy footprint:

 

1)      Eliminação das fugas de energia

2)      Dimensionamento correto das instalações elétricas

3)      Melhor aproveitamento das condições de iluminação natural

4)      Otimização, garantindo iluminação adequada ao usuário, sem excessos

5)      Controle da iluminação, pela dimerização ou automação da mesma

6)      Implementação de sistemas de (tele)gestão de energia

7)      Manutenção preventiva das instalações e limpeza frequente dos conjuntos ópticos

 

 

Por que o gHID é a escolha com maior eficiência energética?

O gHID é um reator eletrônico de alta frequência para lâmpadas de vapor metálico. Devido as suas características, os reatores gHID possuem:

1)      Alta eficiência

2)      Alto fator de potência

3)      Maior fluxo luminoso das lâmpadas

4)      Baixa distorção harmônica total

5)      Possibilidade de dimerização e sistemas de (tele) gestão

6)      Temperatura em operação somete 10°C acima da ambiente

7)      Aumenta a vida útil da lâmpada

8)      Melhor manutenção do fluxo luminoso das lâmpadas

O retorno financeiro (payback) aplicando o gHID é mais rápido do que o obtido com produtos que utilizam outras tecnologias. Somado à eficiência energética, o gHID também proporciona benefícios contínuos com redução de custos de manutenção. O gHID é uma solução rápida e econômica para que nossos clientes atinjam seus objetivos de redução de custo e consumo de energia em larga escala.

Nós da Lumino Energy Solutions trabalhamos em parceria com nossos clientes para otimização dos seus sistemas de iluminação de alta potência, reduzindo o energy footprint e contribuindo para seus programas de sustentabilidade.

Compartilhar

2 Comentários para “Eficiência Energética e Iluminação HID”

  • Vinicius Surkamp 30 de dezembro de 2017 às 18:22

    Boa tarde. possuo um refletor com lâmpada vapor metálico 70W tipo HQI E27com reator eletromagnético. Gostaria de saber se para ela devo utilizar o gHID modelo 70W ou de potência menor, tipo 50W?

    • Juliane Avancini 3 de janeiro de 2018 às 13:33

      Boa tarde, Vinicius! Se você quiser manter a mesma lâmpada, o reator deve ser o gHID de 70W mesmo. Mas se você quiser reduzir um pouco o consumo, poderá trocar a lâmpada e o reator para 50W, mantendo a mesma luminária. Vale a pena ressaltar que ao longo da vida da lâmpada, a lâmpada de 50W no gHID deve prover uma iluminância similar a de 70W após a degradação do fluxo luminoso, que acontece rapidamente com o uso do reator eletromagnético.

Deixe um Comentário